Publicidade

A W3 VIROU UMA AVENIDA POR ACASO


Histórias de Brasilia - abril 20, 2017

Na primeiras décadas de Brasília, a W3 Sul foi o principal ponto comercial da cidade. Era possível encontrar de tudo por ali: lojas, restaurantes, centros culturais, oficinas, consultórios médicos e até um cinema. Mas toda essa efervescência não estava planejada na concepção da capital.

De acordo com o projeto original de Lucio Costa, as lojas das quadras 500 deveriam ser viradas para a W2. Assim, os moradores das superquadras teriam um acesso rápido e fácil ao comércio. Os fundos das lojas estariam virados para a W3, que seria uma via de abastecimento de produtos.

Mas, devido a um erro de alguns engenheiros da Novacap, o primeiro bloco da W3 foi construído ao contrário. Ou seja: os fundos virados para a W2. Quando perceberam o engano, já era tarde demais. Todo mundo corria contra o tempo para entregar Brasília no prazo e não era viável demolir o prédio e fazer de novo do jeito certo. Então construíram todos ao contrário, mesmo.

Originalmente, as casas das quadras 700 também não iriam existir. O espaço seria destinado a plantações de flores e agricultura familiar. Mas a ideia nem chegou a sair do papel, pois a população da cidade aumentava cada vez mais e essa gente toda precisava de lugar para morar.