Publicidade

AS PRIMEIRAS BOATES DA CAPITAL


Histórias de Brasilia - junho 26, 2017

A primeira danceteria de Brasília, a Golden Room, começou a funcionar no Brasília Palace Hotel antes mesmo da inauguração da cidade. Era ali que os mais jovens se divertiam, além de ser o local preferido para as festas de Carnaval e Réveillon nos primeiros anos da cidade.

Com a inauguração do Centro Comercial Gilberto Salomão, em 1967, várias casas noturnas foram abertas por lá. Inclusive as boates pioneiras da cidade, já nos anos 1970, sob a influência da disco music: Kako e Shalako. Os brasilienses viravam noites ao som de Diana Ross, Barry White, ABBA, Bee Gees e vários artistas de sucesso na época. Havia até um certo clima de guerra entre as duas danceterias, que tinham públicos fiéis e disputavam o posto de melhor da cidade.

Em 1978, o país vivia a febre provocada pela novela Dancin’Days, da TV Globo. E novas casas surgiram em Brasília, como a Machine, no Venâncio 2000, e a New Aquarius, no Conic, a primeira boate gay da cidade.

Mas a danceteria mais icônica, e que chegou a ficar nacionalmente famosa, foi a Zoom, inaugurada em 1986, no Gilberto Salomão. Projeto do famoso promoter carioca Chico Recarey, sua festa de inauguração foi um dos maiores eventos já acontecidos na cidade até então, com a presença de celebridades como o casal Pelé e Xuxa, Luiza Brunet e Roberta Close. Além de boate, ela também abrigava vários shows de cantores, bandas de rock e grupos de axé music, que começavam a ganhar espaço naquela época. A Zoom fechou as portas no início dos anos 90.