Publicidade

NEY MATOGROSSO NO HOSPITAL DE BASE


Histórias de Brasilia - junho 13, 2017

Filho de militar, Ney de Souza Pereira morou em diversas cidades durante sua infância e adolescência. Aos 17 anos, saiu de casa para servir a Aeronáutica, mas a carreira nas ForçasArmadas não foi adiante. No início dos anos 60, veio para Brasília a convite de um primo e trabalhou na área de pediatria do Hospital Distrital, atual Hospital de Base. Colegas da época contam que ele costumava brincar de maquiar as crianças internadas por lá, uma alegria para a garotada.

Foi na capital que Ney descobriu sua veia artística, começando a cantar em um quarteto vocal e a atuar no teatro. Ele costumava se apresentar no Madrigal de Brasília, no Auditório Dois Candangos da UnB, no auditório da Rádio Nacional e na Cave de Roi, uma casa noturna que funcionava na 413 Sul.

Em 1966, mudou-se para o Rio de Janeiro e, em 1971, já em São Paulo, entrou para o grupo Secos & Molhados, adotando o nome artístico de Ney Matogrosso (uma homenagem ao seu estado natal, o Mato Grosso do Sul). Ney só voltaria para Brasília em 1974, já nacionalmente famoso, para um antológico show no ginásio Nilson Nelson. Foram duas apresentações seguidas com 25 mil pessoas em cada uma delas, até hoje o recorde de público do local.