Publicidade

Quem construiu o pombal da Praça dos Três Poderes?


Histórias de Brasilia - agosto 25, 2017

Jânio Quadros foi o presidente que sucedeu Juscelino Kubitschek, em 1961. Ele nunca escondeu que detestava Brasília e não deu continuidade a nenhuma obra pendente desde a inauguração. O único monumento feito em sua administração foi o pombal da Praça dos Três Poderes, projetado por Oscar Niemeyer a pedido da primeira dama, Eloá Quadros.

 

Eloá Quadros, esposa do presidente Jânio Quadros

 

O pombal mede 25 metros e pesa 1,5 tonelada, com uma série de poleiros que se sobrepõem, lembrando um imenso pregador de roupa. Seu real significado jamais foi explicado.

 

Pombal em 1964

 

 

Atualmente, os pombos são um problema de saúde pública no Distrito Federal e a Praça dos Três Poderes é o lugar com maior concentração desses pássaros, que transmitem cerca de cinquenta tipos de doenças aos seres humanos. A Secretaria de Saúde do DF já quis cobrir o pombal com uma tela para reduzir a proliferação das aves, mas não foi autorizada pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, uma vez que o monumento faz parte do tombamento de Brasília.

Estima-se que exista cerca de dois milhões de pombos no DF.