Publicidade

Quem foi Claudio Santoro?


Histórias de Brasilia - fevereiro 14, 2018

 

Claudio Santoro nasceu no dia 23 de novembro de 1919, em Manaus (AM). Começou a praticar violino e piano ainda criança, em sua cidade natal. Aos 13 anos mudou-se para o Rio de Janeiro, onde prosseguiu os estudos musicais. Aos 18, já era professor adjunto do Conservatório de Música do Rio de Janeiro. Em 1940, foi um dos músicos fundadores da Orquestra Sinfônica Brasileira.

 

Em 1962, Santoro já era um artista de fama internacional quando foi convidado por Darcy Ribeiro para criar o Departamento de Música da recém-inaugurada Universidade de Brasília. Mas, após o golpe militar de 1964, mudou-se para a Alemanha, onde lecionou composição e regência na Escola Superior de Música.

 

 

O maestro só retornou a Brasília em 1978, retomando seu posto na UnB. Nessa época, também fundou e regeu a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional, posto no qual permaneceria até sua morte.

 

Claudio Santoro morreu de infarto no dia 27 de março de 1989. Ele estava ensaiando com sua orquestra dentro do Teatro Nacional. Meses depois, o Senado Federal promulgou a lei que mudou o nome do local para Teatro Nacional Claudio Santoro, denominação que permanece até hoje.